Tratamento Para Dependência do Álcool

O alcoolismo, infelizmente, é uma condição que demora a ser identificada. Isso porque o consumo do álcool, mesmo que excessivo, é considerado relativamente comum. Sendo assim, mesmo sérias dependências podem acabar passando batidas pela falta de conscientização sobre o tema.

Diante disso, gostaríamos de iniciar este artigo destacando a diferença entre o vício e a dependência de álcool. O vício consiste na vontade de consumir substâncias alcoólicas em altas quantidades e com expressiva frequência. Porém, caso isso não seja possível, nada irá acontecer com o indivíduo.

Por outro lado, a dependência de álcool faz com que, caso ele não seja consumido, sintomas de abstinência comecem a surgir: como irritabilidade, tremedeira, insônia, agressividade, ansiedade e vontade interminável de consumir substâncias alcoólicas.

Infelizmente, os dependentes da bebida são os primeiros a considerarem que seus problemas não são assim tão graves, e que caso queiram, parar com o consumo de álcool seria algo simples e instantâneo. Mas, na realidade, o alcoolismo é uma séria doença, que causa consequências não só para o físico, psicológico e mental– como também, para a própria forma de como o indivíduo se relaciona socialmente.

E se você também conhece alguém vivendo este dilema, não hesite em entrar em contato com a Clínica de Recuperação Internar, especializada no tratamento alcoolismo.

A clínica de recuperação Internar busca a cura da dependência por meio de tratamentos individualizados, que levam em consideração a realidade de cada um. Além disso, os ensinamentos, técnicas de tratamento e equipes especializadas visam ainda a conscientização do paciente, para que ele compreenda a importância de uma vida saudável longe do consumo de substâncias alcoólicas.

O tratamento alcoolismo da clínica de recuperação Internar é realizado em duas etapas: desintoxicação e internação. 

Enquanto a desintoxicação visa livrar o organismo do paciente das substâncias alcoólicas, a internação se torna o meio mais eficiente para garantir a interrupção integral no consumo das mesmas. Não à toa, as técnicas se complementam. Durante a internação, o indivíduo passa por reuniões e atendimentos de origem terapêuticas, que visam mostrar a ele o quanto a recuperação irá auxiliar em sua reinserção no ambiente familiar e social.